Menos energia gasta, mais sustentabilidade

Soluções de poliuretano para o isolamento térmico estão no centro das alternativas de governos, indústrias e consumidores para um futuro mais sustentável

Um estudo recente da Comissão Europeia mostra que as emissões de gases do efeito estufa diminuíram 1,8% em 2013 na União Europeia, em comparação com 2012, atingindo o nível mais baixo desde 1990. É um indicativo de que a região caminha na direção certa para atingir suas metas de sustentabilidade, dando o exemplo a outras partes do mundo.

A eficiência energética é um dos principais meios pelos quais governos, empresas, indústrias e consumidores podem contribuir, uma vez que a redução no consumo significa uma menor emissão de CO2.

E é nessa linha que a Dow, comprometida com a sustentabilidade, atua por meio do negócio de poliuretanos para levar alternativas ao mercado.

“Na Europa, pesquisas demonstraram que de 30% a 50% das emissões de CO2 na região estão relacionadas ao mau isolamento térmico das edificações. Destas, até 80% poderiam ser neutralizadas por meio de um bom isolamento”, diz Marcelo Fiszner, Diretor de Marketing de Poliuretanos para América Latina.

Oportunidade inexplorada

No caso da América Latina, onde as temperaturas apresentam grande variação, as soluções para um melhor isolamento são determinantes. Passar calor dentro de ambientes internos no verão ou sentir frio no inverno faz muitas pessoas e empresas comprarem aparelhos de ar-condicionado ou aquecedores, o que gera um maior consumo de energia. Isso é marcante no segmento de residências, em que a disponibilidade de imóveis construídos sob este conceito é pequena.

“Em países europeus e nos Estados Unidos, 25% das aplicações de isolamento são destinadas ao mercado residencial. Já no conjunto dos países latino-americanos, este índice cai para 1% ou 2%. Ou seja, há uma oportunidade enorme”, complementa Marcelo.

Ele chama a atenção para outro aspecto importante: mesmo construções já concluídas podem ser adaptadas por meio de retrofit, processo de modernização de uma edificação já existente, modificando um isolamento adequado.

Portfólio diversificado

A Dow oferece diferentes soluções para a eficiência energética, como o sistema de poliuretano PASCAL™ PRO, a tecnologia PASCAL™, os sistemas VORAMER™ e tecnologias de poliisocianurato VORATHERM™, entre outras soluções.

E o fato de o poliuretano ter origem fóssil não elimina a contribuição para a sustentabilidade. Isso porque sua utilização, neste caso, é muito favorável para o meio ambiente: de cada cem partículas de CO2 que não são emitidas graças a um bom isolamento, apenas cinco precisam ser “descontadas” por causa das emissões geradas devido ao uso de poliuretano.

ISOLAMENTO NA CADEIA

O isolamento térmico é uma das alternativas mais eficientes para o fortalecimento da sustentabilidade na cadeia de frio e na construção. Veja no vídeo a seguir como isso ocorre:

Clique na imagem para ver o vídeo